Imagem ampliada do pé de um homem com unhas lindas e saudáveis após o tratamento Canesten

Compreendendo de micose de unha

Neste artigo, você poderá descobrir o que é a micose de unha e quais são as causas dela. Além disso, poderá aprender sobre os sinais e sintomas, o tratamento e a prevenção de infecções de micose de unha e como evitar disseminá-las.

O que é micose de unha?

Muitas vezes, não percebemos a infecção de micose de unha imediatamente porque ela não dói e porque não temos o costume de inspecionar os pés regularmente. No entanto, é importante tratá-la assim que notar os sintomas, porque ela não desaparecerá sozinha e poderá inclusive se espalhar.

A micose de unha, conhecida como onicomicose, é causada principalmente por dermatófitos, os mesmos fungos responsáveis pelo frieira ou pé de atleta. O fungo da unha do pé é o mais difícil de curar de todas as infecções por fungos.

Há muitas causas diferentes de infecção de micose de unha. O principal fator de risco que gera predisposição é a idade avançada. Pacientes com mais de 60 anos de idade correm risco quase 20 vezes maior de desenvolver micose de unha do que pacientes com menos de 19 anos (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4047123/). Além disso, descobriu-se que os homens têm probabilidade até três vezes maior de ter infecção de micose de unha do que mulheres (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4047123/). Outros fatores de risco incluem diabete, doenças que causam má circulação sanguínea e um sistema imunológico enfraquecido.

Como os fungos crescem em ambientes quentes e úmidos, pode-se pensar que a micose de unha seria predominante em climas tropicais. Não é verdade! As pessoas que vivem nos trópicos não usam calçados fechados que criam as condições ideais para os fungos se desenvolverem.

As micose de unha são muito contagiosas. A disseminação de infecções do pé, incluindo a infecção de micose de unha, ocorre em locais como boxes de chuveiro, piscinas e vestiários onde as pessoas ficam descalças, mas também em salões de pedicure onde os mesmos acessórios de unha são usados para vários clientes. Além disso, trauma na unha, onde a junção entre a unha e a pele ou barreira natural é rompida, também pode aumentar a chance de desenvolver infecção de micose de unha.

Sinais e sintomas de micose de unha

A micose de unha pode afetar uma parte da unha, a unha inteira ou várias unhas. A infecção geralmente começa na borda da unha como uma listra branca ou amarela sob da ponta da unha do dedo ou do pé. Elas muitas vezes se espalham até o centro e a unha perde a coloração e se solta. Conforme a infecção se espalha, a unha geralmente se altera e se torna grossa. É importante tratar a infecção assim que você perceber os sintomas, porque a infecção de micose de unha não desaparecerá sozinha, e quanto mais você esperar, mais difícil fica curá-la.

Você pode estar sofrendo de infecção de micose de unha se observar:

  • Listras brancas ou amarelas na unha

  • Unhas grossas, irregulares ou quebradiças

  • Perda de esplendor e brilho

  • Bordas da unha quebradiças ou ásperas

  • Unha solta ou elevada

  • Área abaixo da unha mais grossa ou dura

  • Alteração no formato da unha

  • Resíduos presos embaixo da unha

  • Odor proveniente da unha infectada

Homem jovem sorridente em pose confiante, vestindo uma camiseta cinza, feliz após o tratamento para micose de unha Canesten

Tratamento para micose de unha

A forma de tratar uma micose de unha depende da sua gravidade. Mesmo se ficar constrangido com a sua infecção, sempre é recomendável procurar ajuda do médico assim que observar os sinais ou sintomas. Se houver apenas manchas brancas visíveis na unha ou se não mais de 3 unhas do pé estiverem infectadas, pode usar medicamentos tópicos antifúngicos de venda livre para matar o fungo.

Se a infecção afetar camadas mais profundas da unha, pode ser necessário fazer aplicações repetidas do medicamento para tratar sua micose de unha.

Se os seus sintomas de micose de unha forem graves, um médico pode elaborar um plano de tratamento, incluindo desbridamento, medicamento tópico ou medicamento oral. Nos casos mais graves, a unha infectada pode ser removida química ou cirurgicamente. Além disso, a terapia com laser também pode ser recomendada para o tratamento de micose de unha.

Consulte um médico se a sua micose de unha for grave, o tratamento não tiver funcionado ou sua infecção tiver se espalhado para outras unhas. Além disso, procure orientação médica antes de iniciar um tratamento se estiver grávida ou tiver diabete.

Homem jovem aliviado, vestindo um agasalho esportivo vermelho e sorrindo alegre

Prevenção de micose de unha

A micose de unha pode levar um tempo longo para desaparecer porque a unha cresce lentamente e você apenas perceberá a melhora quando uma unha nova tiver crescido completamente. Não é raro as infecções de unha voltarem. No entanto, você pode tomar algumas medidas para impedir que as infecções de micose de unha voltem. Algumas mudanças simples de estilo de vida podem ajudar a prevenir infecções de micose de unha. O mais importante é cuidar das suas unhas mantendo-as bem aparadas e limpas. Além disso, pratique boa hygiene lavando e secando as mãos com frequência, especialmente após tocar uma unha infectada ou após o tratamento.

Outras formas de prevenir infecções de micose de unha são:

  • Se estiver com frieira ou pé de atleta, trate-o o quanto antes, uma vez que o fungo pode se disseminar e afetar as unhas do dedo do pé ou outras áreas da pele, causando micose de unha

  • Mantenha as unhas do dedo do pé curtas e aparadas. A forma correta de cortar ou lixá-las é em formato reto, não arredondado

  • Ao frequentar salões de pedicure, leve seu próprio conjunto de acessórios. Cortadores e lixas contribuem para a disseminação de infecções por fungos se não forem devidamente esterilizados

  • Evite usar sapatos apertados. Isso pode danificar a barreira de pele entre a unha e o dedo do pé, permitindo a invasão do fungo

Micose de unha são contagiosas, por isso é importante tomar medidas para evitar que elas se disseminem. Primeiramente, não compartilhe suas roupas, seus calçados e suas roupas de cama com outras pessoas. Além disso, sempre lave bem as mãos após tocar em unhas infectadas ou aplicar o tratamento. Evite fazer as unhas da mão e do pé em salão, porque você poderá transmitir a sua infecção por meio dos utensílios do salão. Use toalhas diferentes para a região infectada e o resto do corpo para evitar que a infecção se espalhe. Recomendamos que mencione sua infecção para as pessoas mais próximas a você, para que tenham cuidado e evitem pegá-la.